Os Melhores Artigos

Acesse agora os melhores artigos de finanças na Bíblia
Boa leitura!

The Best Articles
Access the best finance articles in the Bible now
Good reading!

Por que Deus aceitou a oferta de Abel, mas rejeitou a de Caim?

Quero agora conversar com você sobre generosidade, um dos assuntos mais importantes da Bíblia quando se fala de dinheiro. Você se acha uma pessoa generosa?

Dou graças a Deus porque este assunto é bastante abor­dado pela igreja. Fala-se principalmente sobre dízimos e ofer­tas na igreja local. Mas acontece que às vezes pensamos estar dando com a atitude correta e nem sempre isso é verdade.

Quero então relatar um evento muito importante que acon­teceu na Bíblia e que pode pôr em xeque a forma como você está exercendo sua generosidade.

Convido você a dar uma olhada no texto que está em Gênesis 4.3-5, que diz assim: O tempo passou. Um dia, Caim pegou alguns frutos da terra e os ofereceu a Deus, o Senhor. Abel, por sua vez, pegou o primeiro carneirinho nascido no seu rebanho, matou-o e ofereceu as melhores partes ao Senhor.

Até aí tudo bem: os dois irmãos trouxeram uma oferta ao Senhor. Agora ouça o que aconteceu em seguida na narrativa bíblica. O texto diz assim: O Senhor ficou contente com Abel e com a sua oferta, mas rejeitou Caim e sua oferta. Por isso Caim ficou furioso e fechou a cara.

Ora essa, por que será que Deus aceitou a oferta de Abel e rejeitou a de Caim?

Veja que esta questão não é apenas curiosa, mas de funda­mental importância para que sua oferta seja aceita por Deus. Já imaginou? Você se esforça, dá um duro danado traba­lhando, ganha seu dinheiro suado e, na hora de fazer a coisa certa — no nosso caso, dar a sua oferta na igreja — vai que Deus não aceita? Seria horrível, não?

O que vejo que aconteceu aqui é que Caim deu por dar. Sabe aquela coisa de apenas “cumprir tabela”? Já que preciso dar, aí está, Senhor. Estou trazendo a minha oferta.

Vejo aqui que o coração de Caim estava distante de Deus. E a Bíblia diz que tudo o que gente fizer deve fazer de todo o coração, como sendo para o próprio Deus. Isso está escrito em Colossenses 3.23. Foi aí que Caim pisou na bola. Ele não escolheu o que era de melhor do fruto da terra. E ainda deu por mera obrigação.

Por outro lado, veja como foi que Abel fez: completa­mente diferente de Caim. Ele trouxe as partes gordas, ou seja, a melhor parte. E das primeiras crias. O que significa que ele não ficou esperando. Ele deu prioridade à sua oferta. É o que Bíblia chama de primícia. A primeira coisa a fazer quando ganhamos o dinheiro.

Conclusão: Decida exercer a generosidade da maneira correta. Dê assim que você ganhar o seu dinheiro. Não faça nada antes de exercer sua generosidade, principal­mente com seu dízimo ou sua oferta. Além disso, dê com amor e não por obrigação, para não correr o risco de fra­cassar como Caim. O amor está cima de todas as coisas. Tudo o que fazemos deve ser feito com amor.

Um abraço do seu amigo
Paulo de Tarso


Why did God accept Abel's offer, but rejected Cain's offer?
By Paulo de Tarso

Now I want to talk to you about generosity, one of the most important matters of the Bible when it comes to money. Do you think you are a generous person?

I thank God that this matter is much approached by the church. There is talk mainly about tithes and offerings in the local church. But it happens that sometimes we think we are doing the right thing and that is not always true.

I want to report a very important event that happened in the Bible and that can challenge the way you are exercising your generosity.

I invite you to take a look at the text that is in Genesis 4.3-5, which reads: In the course of time Cain brought some of the fruits of the soil as an offering to the Lord. 4And Abel also brought an offering—fat portions from some of the firstborn of his flock.

So far so good: the two brothers brought an offering to the Lord. Now listen to what happened next in the biblical narrative. The text reads: The Lordlooked with favor on Abel and his offering, 5but on Cain and his offering he did not look with favor. So Cain was very angry, and his face was downcast.

Now, why did God accept Abel's offer and rejected Cain's?

See that this question is not only curious, but of fundamental importance so that its offer is accepted by God. Ever wonder? You try hard, you work hard, you earn your hard earned money, and when it comes to doing the right thing - in our case, giving your offer in the church - does not God accept it? It would be horrible, would not it?

What I see happening here is what Cain gave to give. You know that "just stick" thing? Since I must give, there it is, Lord. I'm bringing my offer.

I see here that Cain's heart was far from God. And the Bible says that whatever people do, they should do with all their heart, as being for God Himself. This is written in Colossians 3:23. It was then that Cain stepped on the ball. He did not choose the best of the fruit of the earth. And it was still a mere obligation.

On the other hand, see how Abel did: completely different from Cain. He brought the fat parts, that is, the best part. And the first babies. Which means he did not wait. He gave priority to his offer. That's what the Bible calls the scoop. The first thing to do when we make the money.

Conclusion: Decide to exercise generosity in the right way. Give so you earn your money. Do nothing before you exercise your generosity, chiefly with your tithe or your offering. Besides, give with love and not by obligation, so as not to run the risk of falling like Cain. Love is above all things. Everything we do must be done with love.

A hug from your friend.
Paulo de Tarso

screen

O que é sucesso financeiro?

Se você quer alcançar o sucesso financeiro, esta é uma pergunta básica que precisa ser respondida. Afinal de contas, o que é o sucesso financeiro?

Em geral, a sociedade considera bem-sucedidas pessoas com muito dinheiro. Veja se isso não acontece com você.

Quando vê alguém usando roupas caras, dirigindo o belo carro do ano, morando em um condomínio dos sonhos, você tende a considerar aquela pessoa como alguém bem-sucedido financeiramente. Não é verdade?

O que a Bíblia diz sobre isso?

Há muitos anos eu tenho estudado a Bíblia para entender e alcançar o sucesso financeiro.
Após anos de estudo cuidadoso, verifiquei que a Bíblia não apoia esta visão simplista de que ter sucesso financeiro significa apenas ter muito dinheiro.
Na verdade, não há uma declaração bíblica resumida para o que seja sucesso financeiro.
Mas eu o resumiria da seguinte maneira: Fazer o que Deus quer com o dinheiro que você tem.

Qual a diferença entre as duas visões de sucesso financeiro?

Você pode notar que a primeira restringe o sucesso para um número bem pequeno de pessoas, isto porque você pode contar nos dedos o número de pessoas que possuem muito dinheiro.
Talvez 1% da população do mundo. É possível que os economistas tenham alguma estatística para elucidar esta questão.
Mas a segunda visão é qualitativa. Ela dá um novo significado para o sucesso financeiro.
Perceba que, segundo esta visão, eu, você e qualquer outra pessoa do mundo podemos alcançar o sucesso com o dinheiro.
Não é que a quantia não seja importante. Sim, ela tem sua importância. Mas é secundária e não essencial para se obter sucesso com o dinheiro.

Um abraço do seu amigo
Paulo de Tarso


Financial Success
By Paulo de Tarso

What is financial success?
If you want to achieve financial success, this is a basic question that needs to be answered.
After all, what is financial success?
In general, society considers successful, people with lots of money.
See if that does not happen to you. When you see someone wearing expensive clothing, driving the beautiful car of the year, living in a dream condo, you tend to regard that person as financially successful. Isn’t it true?

What does the Bible say about it?
For many years I have studied the Bible to understand and achieve financial success. After years of careful study, I have found that the Bible does not support this oversimplified view that to succeed financially means only to have lots of money.
In fact, there is not a brief biblical statement for what is financial success. But I would sum it up like this: Do what God wants with the money you have.

What is the difference between the two visions of financial success?
You may notice that the former restricts success to a very small number of people, this because you can count on the fingers the number of people who have lots of money. Maybe 1% of the world's population.
Economists may have some statistics to elucidate this question.
But the second view is qualitative. It gives new meaning to financial success.
Notice that according to this vision, I, you and anyone else in the world can achieve success with money.
It's not that the amount is not important. Yes, it has its importance. But it is secondary and not essential to success with money.
A hug from your friend.
Paulo de Tarso

screen

Tudo começou na criação

Você sabia que sua responsabilidade de administrar o dinheiro começou na criação?
Quando Deus estava criando o mundo que conhecemos, ele disse: Agora vamos fazer os seres humanos, que serão como nós, que se parecerão conosco. eles terão poder sobre os peixes, sobre as aves, sobre os animais domésticos e selvagens e sobre os animais que se arrastam pelo chão (Gênesis 1.26).
Pois então: ao criar todas as coisas, Deus também criou as posses materiais. A água, a terra, os animais, a vegetação e tudo o mais.

Agora veja a ordem que Deus deu ao homem: ele disse que o homem deveria dominar toda essa criação. Não é fan­tástico?
É por isso que as pessoas têm a capacidade — dada por Deus — de transformar os elementos da natureza e criar coisas. Por exemplo: se você estiver agora sentado em uma cadeira, saiba que essa cadeira só existe por causa dessa capa­cidade que Deus deu ao homem de dominar a criação.

Todavia, você poderia perguntar o que isso tem a haver com o dinheiro. É que hoje qualquer coisa que você tem, por exemplo a sua casa, o seu carro, o seu computador, tudo isso pode ser trocado por dinheiro. Assim, se foi dada a você a res­ponsabilidade de dominar as posses materiais e elas são representadas por uma quantia financeira, então você tem a responsabilidade de administrar — e administrar bem — o seu dinheiro.

Há outra coisa importante a levar em conta. Você não pode transferir essa obrigação para outra pessoa. É você que precisa fazer isso.
É claro que você até pode recorrer à ajuda de outras pessoas nessa administração. Dou um exemplo. Se você for casado, pode compartilhar essa responsabilidade com o seu cônjuge e até mesmo com seus filhos.
E porque estou sendo tão direto nessa questão da respon­sabilidade de administrar?

Porque vejo muitas pessoas que dizem: Não gosto de ficar mexendo com dinheiro, ou, eu não dou valor a esse negócio de dinheiro. E por aí vai. Pois fique sabendo que, se Deus deu essa responsabilidade a você, é você que deve assumi-la. Assuma essa importante obrigação de sua vida pessoal e familiar.

Conclusão: Foi dada a você essa responsabilidade e esse privilégio de assumir a partir de hoje a função de admi­nistrador. Comece a investir parte do seu tempo para saber mais sobre os princípios bíblicos que podem fazer de você um bom administrador do dinheiro que Deus colocou na sua mão, ok?
Um abraço do seu amigo
Paulo de Tarso


Everything began in creation

Do you know that your responsibility for managing money began in creation?

When God was creating the world we know, He said: “Let us make mankind in our image, in our likeness, so that they may rule over the fish in the sea and the birds in the sky, over the livestock and all the wild animals,and over all the creatures that move along the ground.” (Genesis 1:26).

For then, in creating all things, God also created material possessions. The water, the land, the animals, the vegetation and everything else.

Now look at the order that God gave to man: he said that man should dominate all this creation. Isn't it fantastic?

That is why people have the ability - given by God - to transform the elements of nature and create things. For example, if you are now seated on a chair, know that this chair exists only because of the capacity God gave man to master creation.

However, you might ask what this has to do with money. Is that today anything you have, for example your home, your car, your computer, all this can be exchanged for money. So, if you were given the responsibility of mastering material possessions and they are represented by a financial amount, then you have a responsibility to manage - and manage well - your money.

There is another important thing to take into account. You can not transfer that obligation to another person. It is you who must do this.

Of course you can even turn to the help of others in this administration. I give you an example. If you are married, you can share this responsibility with your spouse and even your children.

And why am I being so direct in this question of managing responsibility? Because I see a lot of people who say, I do not like messing with money, or, I do not value this money deal. And so it goes. For know that if God gave you this responsibility, you must take it upon yourself. Take on this important obligation of your personal and family life.

Conclusion: You have been given this responsibility and the privilege of assuming the role of administrator from today. Start investing some of your time to learn more about biblical principles that can make you a good steward of the money God has put into your hand, okay?

A hug from your friend.
Paulo de Tarso

screen

O Trabalho é Um castigo de Deus?

Por que essa pergunta? Porque muitas pessoas encaram o trabalho dessa maneira. Sabe aqueles comentários do tipo “Que bom que hoje é sexta”, ou: “Ah! Segunda-feira é o pior dia da semana!” Acredito que você deve ter ouvido esse tipo de observação, certo?

Por isso fui dar uma olhada na Bíblia para ver o que ela fala sobre isso. E veja só a pérola de sabedoria que descobri. Dê uma olhada na sua Bíblia no texto de Gênesis 2.15, que diz assim: O Senhor Deus pôs o homem no jardim do Éden para cuidar dele e nele fazer plantações.

Note nesse texto que o trabalho não tinha nada a ver com o pecado ou com qualquer tipo de castigo de Deus para as pessoas. Na verdade, mesmo antes de o ser humano cair, quer dizer, de cometer o primeiro pecado, ele já trabalhava. E aquilo era bom. Pelo menos não consta nenhuma reclama­ção sobre isso lá no Gênesis.

É claro, porém, que por causa do pecado o trabalho se tornou difícil. Como assim? É que por essa causa as pessoas têm de trabalhar muito para conseguir alcançar os resultados que antes eram bem mais tranquilos. Dê só uma olhadinha no texto de Gênesis 3.19 e você vai entender isso: Terá de trabalhar no pesado e suar para fazer com que a terra pro­duza algum alimento.

Pois é, quem mandou fazer a coisa errada, não é? Agora tem de trabalhar pesado para conseguir os resultados. Mas mesmo assim Deus é bom o suficiente para fazer com que o seu trabalho tenha significado e ajude outras pessoas, principalmente quando você estiver fazendo a coisa certa, que é aquilo que está ligado à sua missão aqui na terra.

Todas as pessoas precisam trabalhar, a não ser aquelas que tenham algum impedimento físico ou mental. E veja só o que que o apóstolo Paulo disse quando escreveu sua segunda carta aos tessalonicenses: Quando estávamos aí, demos esta regra: Quem não quer trabalhar, que não coma (2Ts 3.10). Por que ele disse isso? Será que tinha raiva do pessoal de lá? Claro que não! Ele sabia que segundo o plano de Deus deve­mos ganhar o nosso pão de cada dia por meio do trabalho.

O trabalho é mesmo uma bênção quando entendemos que por meio dele muitas pessoas serão abençoadas. Então não podemos ser preguiçosos, certo? Se cairmos na preguiça, aí sim não vamos caminhar para a frente, mas só para trás. E não é isso que Deus deseja para você e sua família.

Conclusão: O trabalho não é uma penalidade de Deus para você, muito pelo contrário! Por meio do trabalho, você pode ajudar a suprir as necessidades de muitas pes­soas e ainda ganhar o dinheiro necessário para o sustento seu e da sua família. Faça seu trabalho da melhor forma possível, pois isso agrada a Deus.

Um abraço do seu amigo
Paulo de Tarso


Is Work a punishment from God?


By Paulo de Tarso

Why this question? Because a lot of people face the job that way. You know those comments like "I'm glad today is Friday," or, "Ah! Monday is the worst day of the week! "I think you must have heard that kind of observation, right?

So I went to look at the Bible to see what it says about it. And see only the pearl of wisdom that I discovered. Take a look at your Bible in the text of Genesis 2:15, which reads: The LordGod took the man and put him in the Garden of Eden to work it and take care of it.

Note in this text that the work had nothing to do with sin or any kind of punishment from God for people. In fact, even before the human being fell, that is, of committing the first sin, he already worked. And that was good. At least there is no complaint about it there in Genesis.

It is clear, however, that because of sin, work has become difficult. How is that? It is because of this cause that people have to work hard to achieve the results that were once much easier. Just take a look at the text of Genesis 3:19 and you will understand this: By the sweat of your Brow you will eat your food until you return to the ground, since from it you were taken;

Yeah, who told you to do the wrong thing, right? Now you have to work hard to get the results. But God is good enough to make your work meaningful and help other people, especially when you are doing the right thing, which is what is connected to your mission here on earth.

All people need to work, except those who have some physical or mental impediment. And look at what the apostle Paul said when he wrote his second letter to the Thessalonians: For even when we were with you, we gave you this rule: “The one who is unwilling to work shall not eat.”2 Thessalonians 3:10). Why did he say that? Was he angry at the people there? Of course not! He knew that according to God's plan we should earn our daily bread through work.

Work is a blessing when we understand that through it many people will be blessed. So we can not be lazy, right? If we fall into laziness, then we will not walk forward, but only behind. And this is not what God wants for you and your family.

Conclusion: Work is not a penalty of God for you, quite the opposite! Through work, you can help meet the needs of many people and still earn the money needed to support yourself and your family. Do your work in the best possible way, for it pleases God.

A hug from your friend.
Paulo de Tarso

screen